Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pinho diz que quer criar condições «ainda mais favoráveis» à GM

O ministro da Economia, Manuel Pinho, disse hoje que o Governo quer criar «condições ainda mais favoráveis» à General Motors (GM), de forma que a empresa recue na intenção de encerrar a fábrica da Opel na Azambuja.

Negócios com Lusa 20 de Junho de 2006 às 19:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O ministro da Economia, Manuel Pinho, disse hoje que o Governo quer criar «condições ainda mais favoráveis» à General Motors (GM), de forma que a empresa recue na intenção de encerrar a fábrica da Opel na Azambuja.

«É obrigação do Governo fazer tudo o que é possível para criar boas condições para a GM no futuro em Portugal», declarou o ministro da Economia aos jornalistas, acrescentando que para isso o Governo irá «oferecer todas as condições para que a GM possa ser rentável em Portugal a médio prazo».

Manuel Pinho falava aos jornalistas à margem da inauguração do centro de distribuição de produtos brasileiros, em Vialonga.

«Estão a ser estudadas todas as possibilidades legítimas para criar boas condições em Portugal, embora a GM seja privada logo há limites que o Governo não pode nem deve ultrapassar», referiu o ministro da Economia, recusando-se a enumerar concretamente as medidas que o Governo poderá executar.

A GM Europa, proprietária da Opel, admitiu recentemente o encerramento da fábrica da Azambuja, fundada em 1963, até ao fim do ano em curso e o jornal económico alemão Handelsblatt noticiou, há uma semana, citando fontes empresariais, que o grupo decidiu encerrar a unidade a 31 de Outubro.

Outras Notícias