Economia PJ tem provas de incêndios planeados para causar grande destruição

PJ tem provas de incêndios planeados para causar grande destruição

Às condições meteorológicas e locais e horas das ignições soma-se a descoberta de artefactos pirotécnicos para consolidar a tese de fogo posto para "provocar estragos significativos". Incêndio está dominado em 90%.
PJ tem provas de incêndios planeados para causar grande destruição
Ricardo Ponte
Negócios 22 de julho de 2019 às 10:05

A Polícia Judiciária descobriu artefactos pirotécnicos na área dos grandes incêndios florestais que afetaram os concelhos de Mação, Sertã e Vila de Rei durante o fim de semana, consolidando assim a tese de fogo posto e com a "intenção de provocar estragos significativos".

 

"Tudo parece ter sido cuidadosamente calculado para provocar grandes fogos", referiu ao JN uma fonte da investigação, que não é identificada pelo jornal, notando que, além da presença desses artefactos incendiários, há também indícios relacionados com "os locais, as horas e as condições meteorológicas de vento e calor".

 

Esta manhã, no primeiro ponto de situação feito pela Proteção Civil, o comandante do Agrupamento Distrital do Centro Norte, Pedro Nunes, informou que as duas frentes do incêndio que deflagrou no sábado estão dominadas em 90%, enquanto os restantes 10% "estão a arder e a carecer de muita atenção". Nas próximas horas vão chegar ao terreno quatro pelotões das Forças Armadas para operações de rescaldo.

 

Segundo a Lusa, um civil ficou ferido com gravidade e está internado no hospital de São José, em Lisboa. Há ainda nove feridos ligeiros e mais de duas dezenas de pessoas foram assistidas no terreno pelas equipas do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). As chamas atingiram várias habitações, segundo relatos dos autarcas, mas as autoridades ainda não quantificaram os estragos.

 

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já veio a terreno afirmar que "a prioridade e o importante" é o combate aos fogos ativos em Portugal, que criaram uma "nuvem" que cobriu uma boa parte da Extremadura espanhola, contrapondo que "haverá tempo para balanços, comparações e retirar lições".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI