Função Pública Polícias: "As próximas semanas serão decisivas"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Polícias: "As próximas semanas serão decisivas"

De acordo com Paulo Rodrigues, estão já garantidas mais de duas mil promoções e de 3.700 progressões. A expectativa da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP) é que o número suba durante as negociações das próximas semanas.
Polícias: "As próximas semanas serão decisivas"
Catarina Almeida Pereira 12 de março de 2018 às 09:50

Quando em Fevereiro exigiu que o Governo começasse a negociar a recuperação do tempo de serviço, estabelecendo o início de Março como data limite, Paulo Rodrigues admitiu que se tal não acontecesse os

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 12.03.2018

Sindicalistas e sindicalizados defensores do excedentarismo e do sobrepagamento bem acima do preço de mercado, ganhem juízo. A troika andou por cá a pagar-vos os salários e pensões e a tentar chamar-vos à razão. Vocês são muitos e têm cabeça dura, mas sempre pode ocorrer uma próxima vez. O próximo resgate será muito menos brando.

Fpublico condenado a 48 anos trabalho/descontos 12.03.2018

tenham vergonha na cara

eu não sou grunho, nasci em portugal e sou branco

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub