Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Porta 65 só recebe 3.561 candidaturas

O novo programa da apoio ao arrendamento jovem, o Porta 65, recebeu, no primeiro concurso apenas 3.561 candidaturas, revelou ontem o Instituto da Habitação e da Reabiltação Urbana em comunicado.

Susana Domingos sdomingos@negocios.pt 03 de Janeiro de 2008 às 21:33
  • Partilhar artigo
  • ...

O novo programa da apoio ao arrendamento jovem, o Porta 65, recebeu, no primeiro concurso apenas 3.561 candidaturas, revelou ontem o Instituto da Habitação e da Reabiltação Urbana em comunicado.

O número de processos a dar entrada no portal da habitação ficou muito aquém das 20 mil a 30 mil candidaturas esperadas pelo presidente do IHRU, Nuno Vasconcelos, no início da fase de apresentação de candidaturas.

Ao Porta 65 concorreram 1.995 jovens isolados, 1.472 casais e 94 em sistema de coabitação, revela a instituição que adianta ainda que "as candidaturas provieram de 211 concelhos, sendo as mais significativas de Lisboa com 210, Braga 153, Guimarães 152, Sintra 151 e Gaia 120".

A apreciação das candidaturas irá decorrer até finais de Fevereiro, "estando previsto para o mês de Março o pagamento das primeiras subvenções", revela o comunicado do IHRU.

Em 2008 serão abertos quatro novos períodos de candidatura ao porta 65: dois em Abril próximo, um em Setembro e o outro em Dezembro.

O novo programa de apoios ao arrendamento tem sido alvo de fortes críticas não só da parte dos jovens como também dos partidos da oposição, por se considerar que as regras de acesso ao apoio são muito restritivas e os limites máximos impostos para as rendas estão desfasados da realidade do mercado de arrendamento português.

O Secretário de Estado do Ordenamento do Território já revelou ao Jornal de Negócios, na edição de 17 de Dezembro, que "o Governo vai avaliar o resultado final da actual fase de candidaturas ao Porta 65 e se se verificar que existe um desfasamento entre as condições reais do mercado e os requisitos definidos na portaria, estamos disponíveis para alterá-la".

Outras Notícias