Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portal Netemprego recebeu 1.100 registos nas primeiras horas

O portal Netemprego, lançado hoje pelo Governo, já contava, a meio da manhã, com 1.100 registos, revelou o ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, José António Vieira da Silva.

Negócios com Lusa 28 de Junho de 2006 às 14:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O portal Netemprego, lançado hoje pelo Governo, já contava, a meio da manhã, com 1.100 registos, revelou o ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, José António Vieira da Silva.

O ministro, que falava após a cerimónia de apresentação do portal, explicou que o Netemprego arrancou com uma base de dados que inclui 20 mil entidades empregadoras, 50 mil currículos inscritos (de indivíduos inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional - IEFP) e recebeu, nas primeiras horas de funcionamento, «a inscrição voluntária de mais 1.100 portugueses».

Vieira da Silva destacou que esta bolsa de emprego electrónica será «um instrumento decisivo de mudança e modernização nos serviços de emprego» em Portugal, acrescentando que um dos principais objectivos passa por «tornar os processos informais de procura e oferta de emprego em coisas do passado».

«Estes contactos passarão a ser feitos de forma mais institucional, mais rápida e com mais qualidade», garantiu o governante.

Vieira da Silva adiantou que o novo portal «não é um investimento muito significativo» e que «os ganhos potenciais serão muito mais elevados».

O desenvolvimento das políticas de emprego e formação profissional custará «alguns milhões de euros nos próximos anos e esta é apenas uma das parcelas», referiu Vieira da Silva.

O primeiro-ministro, José Sócrates, também presente na cerimónia de lançamento, frisou que este é «mais um dos projectos emblemáticos do Plano Tecnológico» e «um instrumento poderoso ao serviço da modernização da economia» portuguesa.

Ver comentários
Outras Notícias