Conjuntura Portugal com maior quebra mensal nas vendas a retalho da UE

Portugal com maior quebra mensal nas vendas a retalho da UE

De acordo com o gabinete estatístico da UE, o volume das vendas a retalho aumentou 0,8% na zona euro e 1,5% no conjunto dos 28 Estados-membros, face a Setembro de 2017.
Portugal com maior quebra mensal nas vendas a retalho da UE
Lusa 07 de novembro de 2018 às 10:13

As vendas a retalho aumentaram, em Setembro, na zona euro e na União Europeia (UE) na comparação homóloga, com Portugal registar o maior recuo face a agosto, segundo o Eurostat.

 

De acordo com o gabinete estatístico da UE, o volume das vendas a retalho aumentou 0,8% na zona euro e 1,5% no conjunto dos 28 Estados-membros, face a Setembro de 2017.

 

Na comparação com agosto, o indicador manteve-se estável nos países do euro e recuou 0,1% na UE.

 

Na variação mensal, Portugal registou o maior recuo (-1,7%), seguindo-se a Áustria (-1,0%), a Bélgica e o Reino Unido (-0,8% cada), tendo os maiores avanços nas vendas a retalho sido observados na Irlanda (2,9%), Letónia (1,5%) e Estónia (1,4%).

 

Já face ao mês homólogo, a Irlanda (10,2%), a Lituânia (7,9%) e a Polónia (6,5%) tiveram as maiores subidas no indicador, por oposição à Bélgica (-2,2%), Espanha e Áustria (-1,5%) que registaram as principais quebras.

 

Em Portugal, o volume das vendas a retalho cresceu 1,2% na comparação homóloga.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI