Política Portugal e Colômbia criam Conselho Estratégico para reforçar e alargar relações

Portugal e Colômbia criam Conselho Estratégico para reforçar e alargar relações

Portugal e Colômbia criaram um Conselho Estratégico para reforço e alargamento das relações bilaterais, que a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Teresa Ribeiro, em visita ao país sul-americano, disse pretender que ganhem "novo dinamismo".
Portugal e Colômbia criam Conselho Estratégico para reforçar e alargar relações
Lusa 14 de março de 2018 às 20:27

O Conselho Estratégico entre os dois países, ideia lançada por ocasião da visita a Portugal do Presidente colombiano, Juan Manuel Santos, em Novembro do ano passado, tem como objectivo "dar um maior reforço às relações entre os dois países".

 

Em contacto telefónico a partir de Lisboa, a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, que iniciou a visita de cinco dias à Colômbia na terça-feira, afirmou à agência Lusa que as relações bilaterais "não se esgotam nos planos político e económico, pretende-se ampliar a outros sectores: cultural, ensino, ciência e conhecimento".

 

Com a primeira reunião prevista para "Julho deste ano", o Conselho Estratégico reunirá um conjunto de personalidades de Portugal e Colômbia, que terão "como missão dar o seu contributo para que o relacionamento entre os dois países possa ganhar novo dinamismo".

 

"Estamos em final de escolha das personalidades que integrarão o Conselho Estratégico. De um lado e de outro, serão pessoas de altíssimo nível, com percursos quer nos campos económico quer nos campos cultural e científico".

 

Teresa Ribeiro assinalou que as personalidades "reunirão, farão as suas sugestões e identificarão as oportunidades num e noutro país, quer de desenvolvimento de novas actividades quer de identificação de obstáculos, que, de alguma forma, estejam a impedir uma maior fluidez na relação entre os dois países".

 

Em Bogotá, capital da Colômbia, a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação encontrou-se com a sua homóloga, Patti Londoño, e tem previstas reuniões com representantes de vários organismos internacionais presentes naquele país, incluindo as Nações Unidas, Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento e a Missão de Apoio ao Processo de Paz Colombiano da Organização dos Estados Americanos.

 

Na visita, Teresa Ribeiro manterá ainda contactos com empresários portugueses na Colômbia, a comunidade residente e com os cônsules honorários de Portugal no Equador e na Colômbia.

 

Na Colômbia, a comunidade portuguesa é de "cerca 1.100 pessoas", essencialmente vocacionada para "os negócios".




pub