Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal, Espanha e França querem plano europeu para enfrentar consequências da covid-19

Uma nota publicada na página da internet do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Espanha informa que os secretários de Estado dos Assuntos Europeus dos três países, Ana Paula Zacarias, Juan González-Barba e Amélie de Montchalin, abordaram este tema por videoconferência.

Reuters
Lusa 17 de Abril de 2020 às 19:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Portugal, Espanha e França manifestaram esta sexta-feira o seu apoio à criação de "um ambicioso plano de recuperação europeu" financiado conjuntamente e que seja coerente com as prioridades da União Europeia, para responder à crise provocada pela covid-19.

Uma nota publicada na página da internet do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Espanha informa que os secretários de Estado dos Assuntos Europeus dos três países, Ana Paula Zacarias, Juan González-Barba e Amélie de Montchalin, abordaram este tema por videoconferência.

Na reunião virtual, os três secretários de Estado defenderam que uma verdadeira autonomia estratégica europeia deveria ser construída nos setores da saúde, agricultura e indústria, assim como uma Europa mais soberana, unida e solidária.

Os três países estão convencidos de que a resposta à crise "também é europeia", tendo ainda manifestado o seu apoio às medidas já decididas a nível dos 27 para coordenar a ação dos Estados-membros, proteger os europeus e ajudar as empresas e os trabalhadores.

Para estes responsáveis governamentais, "só a solidariedade europeia permitirá superar a epidemia e revitalizar" as suas economias, e nenhum país será capaz de recuperar sozinho.

Por esta razão, Portugal, Espanha e França manifestaram o seu apoio a "um ambicioso plano europeu de recuperação, financiado conjuntamente e coerente com as prioridades europeias, em particular a luta contra as alterações climáticas, a estratégia digital da União e o desenvolvimento de uma Europa mais social".

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 145 mil mortos e infetou mais de 2,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 465 mil doentes foram considerados curados.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (33 mil) e mais casos de infeção confirmados (671 mil).

Seguem-se Itália (22.745 mortos, em 172.434 casos), Espanha (19.478 mortos, 188.068 casos), França (17.920 mortos, 165.027 casos), Reino Unido (14.576 mortos, 108.692 casos) e Bélgica (5.163 mortos, 36.138 casos).

Portugal regista 657 mortos associados à covid-19 em 19.022 casos confirmados de infeção.

Por regiões, a Europa somava hoje 94.021 mortos (mais de um milhão de casos), Estados Unidos e Canadá 34.499 mortos (701.335 casos), a Ásia 6.751 mortos (154.943 casos), o Médio Oriente 5.357 mortos (115.745 casos), a América Latina e Caribe 4.001 mortos (85.237 casos), a África 965 mortos (18 mil casos) e a Oceânia 79 mortos (7.730 casos).
Ver comentários
Saber mais Covid-19 União Europeia Portugal Espanha França Europa Estados Unidos política
Outras Notícias