Economia Portugal tem a segunda pior taxa de natalidade na Europa

Portugal tem a segunda pior taxa de natalidade na Europa

Há mais bebés a nascer na Europa, mas Portugal continua entre os piores classificados no ranking dos nascimentos. Em 2016 a taxa de natalidade foi de 1,36 nascimentos por mulher, o que compara com 1,92 em França. Dados do Eurostat divulgados esta quarta-feira mostram que, em média, as europeias são mães aos 29 anos.
Portugal tem a segunda pior taxa de natalidade na Europa
Reuters
Filomena Lança 28 de março de 2018 às 11:44

Em 2016 nasceram 5.148 milhões de bebés na União Europeia, um número que compara com 5,1 milhões em 2015 e que revela um crescimento que, no entanto, não chega sequer a 1%. A Europa continua a envelhecer e Portugal está entre os países que mais cuidados inspiram. Segundo os dados da natalidade em 2016 publicados esta quarta-feira, 28 de Março, pelo Eurostat, nesse ano verificou-se uma média de 1,36 nascimentos por cada mulher em idade fértil. Uma taxa baixa e que só é ultrapassada, para menos, por Espanha e Itália, ambos com uma taxa de 1,39%. 

 

Os países onde nasceram mais crianças foram a França e a Suécia, com, respectivamente, taxas de 1,92 e 1,85 crianças por mulher em idade fértil. A seguir surgem a Irlanda (1,81) e a Dinamarca e o Reino Unido, ambos com 1,79.

 

No ranking dos piores estão também países como Chipre, Malta, com 1,37, a Grécia, com 1,38 e a Polónia, 1,39.

 

Outro indicador analisado pelo Eurostat foi a idade das mães. A média na União Europeia é as mulheres esperarem até aos 29 anos para terem o primeiro filho, um valor que em Portugal sobe para os 29,6 anos. As portuguesas não estão, no entanto, entre as mães mais velhas. Em Itália as mães de primeira viagem têm em média 31 anos, em Espanha 30,8, na Grécia 30,3 e na Irlanda 30,1.

 

No lado oposto da tabela estão a Bulgária, onde uma mulher é mãe pela primeira vez aos 26 anos (em média) e a Roménia, em que a idade sobe para os 26,4 anos. Na letónia a média são os 26,8 anos, na Eslováquia os 27, na Polónia 27,2 e na Lituânia os 27,3 anos. 

 

Das crianças nascidas na União Europeia em 2016 e que foram primeiros filhos, cerca de 5% tiveram mães com menos de 20 anos e apenas 3% nasceram de mulheres com mais de 40 anos.  Desta últimas o destaque vai mais uma vez para a Itália, onde 7,2% dos nascimentos de primeiros filhos foram entre mulheres com mais de 40 anos. Em Portugal foram 4% e na Albânia apenas 0,8%, o país com menos mães acima dos 40.

 

Já a maternidade na adolescência é mais elevada na Roménia, onde 14,2% dos nascimentos de primeiros filhos foram entre jovens com menos de 20 anos. Na Bulgária foram 13,6% e na Hungria 10,8%. O Reino Unido está entre os piores classificados neste ranking, com 6,2% de mães adolescentes entre os primeiros nascimentos. Em Portugal foram 4,4%.

 

Pelo contrário, na Eslovénia contabilizaram-se apenas 1,6% de nascimentos com mães pela primeira vez e ainda adolescentes e na Itália foram 1,7% do total. Na Holanda a percentagem foi também baixa, de 1,8% e na Dinamarca e Suécia de 1,9%.




A sua opinião15
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado bazanga Há 3 semanas

Para quê portugueses, se temos turistas?

comentários mais recentes
pertinaz Há 3 semanas

A ESCUMALHA DE ESQUERDA ESTÁ-SE MARIMBANDO PARA O FUTURO DOS PORTUGUESES... OS TEMAS FRACTURANTES SÃO MAIS IMPORTANTES...

carlos Há 3 semanas

posiçao horizontal++++++ , por favor! Façam cachopos , é tao facil , mesmo na vertical também serve

bazanga Há 3 semanas

Para quê portugueses, se temos turistas?

Mr.Tuga Há 3 semanas

Os AGIOTAS dos "vistos GOLD" e os reformadecos velhadas do norte da Europa, que são PAGOS e SUBSIDIADOS pelos CONTRIBUINTES tugas, para virem para tugalândia viver a grande e a francesa, que os TENHAM !!!!!!!!!!!!!!!

ver mais comentários
pub