Ambiente Portugal volta a ter parte do território em seca extrema
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Portugal volta a ter parte do território em seca extrema

A 15 de Fevereiro, uma parcela de 9% do país estava já em seca extrema. Não há chuva prevista para a próxima semana e as temperaturas vão continuar a subir. As reservas de água baixaram em nove barragens e a do Monte da Rocha, no Alentejo, é a que está pior.
Portugal volta a ter parte do território em seca extrema
Miguel Veterano Júnior/Correio da Manhã
Filomena Lança 20 de fevereiro de 2018 às 23:27

Uma parte do interior norte, de Trás-os-Montes, a zona de Beja, no Baixo Alentejo, e uma outra no sotavento algarvio estavam já, a 15 de Fevereiro, em situação de seca extrema. No conjunto, representam 9% do territó

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 21.02.2018

FANTÁSTICO!
VIVEMOS NUM PAÍS DE AMADORES.

ACHO QUE O GOVERNO, DEVERIA PEDIR UMA CONSULTA A ISRAEL, PARA ELES VIREM CÁ FAZER UM DIAGNÓSTICO SOBRE A FALTA DE ÁGUA EM PORTUGAL.
NOTA:
OS JUDEUS JÁ CÁ ESTIVERAM EM 1978, DURANTE O GOVERNO DE MÁRIO SOARES, QUE ATÉ CRIOU UM IMPOSTO QUE ERA COBRADO NO RECIBO DA LUZ E QUE NUNCA MAIS SE SOUBE PARA ONDE FOI ESTE DINHEIRO, NÃO ACREDITO QUE TENHA IDO PARA AS MISERICÓRDIAS, ( PERIODO EM QUE ATÉ A ENERGIA ERA CORTADA ALGUMAS HORAS POR DIA) E, RIRAM-SE QUANDO LHES FOI DITO QUE O PAIS ESTAVA EM SECA EXTREMA!
O QUE ACONTECE É QUE A MAIOR PARTE DA ÁGUA DA CHUVA, FOI E VAI DIRECTAMENTE PARA O MAR, O QUE ATÉ ESTRAGA AS SARDINHAS!

pertinaz 21.02.2018

ATÉ AGORA O DESGOVERNO FEZ ZERO...!!!

É UM ESCÂNDALO QUE VAI CUSTAR MUITO AOS PORTUGUESES

JÁ PARA NÃO FALAR DA ÉPOCA DE INCÊNDIOS QUE SE APROXIMA..

Anónimo 21.02.2018

A próxima medida deste governo quando houver incêndios vai ser obrigar os proprietários a mijar nos pinhais.
Portugal já parece aqueles casais que fora de casa parecem felizes mas dentro de casa andam à chapada ....Portugal maquilhado e podre por dentro.

Paulo 21.02.2018

Como sempre só quando não houver uma gota de água nas torneiras os responsaveis actuam!
Vai ser bonito com os incendios de verão.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub