Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal está na retaguarda da UE na aprendizagem de uma segunda língua

Portugal encontra-se na retaguarda da Europa no que diz respeito à aprendizagem de uma segunda língua com apenas 42% dos cidadãos a falarem uma língua estrangeira quando na União Europeia 56% falam duas línguas estrangeiras, revela um estudo da TNS Portug

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 28 de Março de 2006 às 14:43
  • Partilhar artigo
  • ...

Portugal encontra-se na retaguarda da Europa no que diz respeito à aprendizagem de uma segunda língua com apenas 42% dos cidadãos a falarem uma língua estrangeira quando na União Europeia 56% falam duas línguas estrangeiras, revela um estudo da TNS Portugal.

Na Europa, 56% dos cidadãos falam fluentemente duas línguas e 28% falam três línguas. Estes valores contrastam com os 42% de cidadãos portugueses que falam uma língua estrangeira suficientemente bem para manterem uma conversação.

Os dados recolhidos pela TNS, empresa de estudos de mercado, junto de 28.694 cidadãos, mostram que 73% dos inquiridos apontam as melhores oportunidades de trabalho como a razão principal para aprender línguas e 83% referem que falar uma língua estrangeira lhes é útil a nível pessoal.

O inglês continua a ser a língua mais falada na Europa. Em 19 dos 29 países inquiridos, o inglês é a língua mais conhecida a seguir à língua materna.

38% dos cidadãos da UE dizem falar suficientemente bem inglês para manter uma conversa. O alemão e o francês aparecem em segundo lugar empatados com 14%. O português só foi referido pelos inquiridos como língua materna «não tendo sido referida por nenhuma outra nacionalidade como língua estrangeira falada suficientemente bem para manter uma conversação», refere o comunicado da TNS.

Outras Notícias