Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal piora na desigualdade entre homens e mulheres

Num ano assolado pela crise financeira, a desigualdade entre homens e mulheres agravou-se em Portugal, que está agora na 46ª posição numa tabela de 134 países.

Raquel Martins raquelmartins@negocios.pt 27 de Outubro de 2009 às 08:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A desigualdade entre homens e mulheres agravou-se em 2009. De acordo com o “Global Gender Gap”, que hoje é apresentado em Nova Iorque, Portugal caiu cinco lugares na tabela e ocupa a 46º posição, muito longe da Islândia, Finlândia e Noruega, que lideram.

A edição de hoje do “Público” alerta que, relativamente ao ano passado, Portugal perdeu pontos nos indicadores que medem a participação política, na economia e as oportunidade de carreira dadas às mulheres. Além disso, verificou-se uma quebra na igualdade de salários pagos a homens e mulheres para a mesma funções e um agravamento das dificuldades em aceder a cargos de topo nas empresas na justiça.

Ainda assim, o ranking revela que Portugal conseguiu ficar acima da média em três indicadores: a esperança média de vida, o acesso das mulheres às profissões técnicas e a possibilidade de frequentarem o ensino secundário e superior.

No topo da tabela está a Islândia, que subiu quatro lugares, seguindo-se a Finlândia e a Noruega, paísque mais se destaca pela presença de mulheres no Governo. Portugal, apesar de perder pontos, tem desde ontem o Governo com mais mulheres da história. No seu segundo mandato, José Sócrates convidou cinco mulheres para ocupar o elenco governativo. As pastas da Saúde, Ambiente, Educação, Trabalho e Cultura estão nas mãos de ministras.

Os países que menos fazem pela igualdade de género são o Iémen, o Chade, o Paquistão e o Benim.
Ver comentários
Outras Notícias