Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugueses viajaram menos no Verão de 2003

O número de viagens realizadas pelos residentes em Portugal diminuiu 10,5% nos meses de Julho, Agosto e Setembro de 2003, face ao período homólogo do ano anterior, indiciando que a crise económica que vive o país não passou ao lado das habituais viagens d

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 07 de Janeiro de 2004 às 11:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O número de viagens realizadas pelos residentes em Portugal diminuiu 10,5% nos meses de Julho, Agosto e Setembro de 2003, face ao período homólogo do ano anterior, indiciando que a crise económica que vive o país não passou ao lado das habituais viagens de Férias de Verão, anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os portugueses viajaram menos num ano marcado pela crise económica, com o desemprego a apresentar uma subida homóloga de 19,6% em Novembro – atingindo mais de 450 mil pessoas - e com um menor poder de compra dos portugueses a reflectir-se na diminuição das vendas em geral, nomeadamente nas de automóveis que deslizaram 15,2% relativamente a 2002.

No que diz respeito à queda homóloga de 10,5%, esta resultou principalmente da redução no número de viagens para Visita a familiares e Amigos, que registou uma descida de 18% e por motivos de Lazer, Recreio e Férias, que diminuiu 11,8%.

Em tempo de crise, os portugueses elegeram Portugal, com 89% das viagens realizadas. Apenas 10,5% das viagens realizadas pelos portugueses tiveram como principal destino o estrangeiro, sinalizando que os portugueses evitaram realizar férias mais dispendiosas neste Verão.

No que diz respeito às vendas efectuadas neste trimestre, 67,6% foram realizadas por motivo de «Lazer, Recreio e Férias», tendo sido o mês de Agosto o preferido, com 78,8% das viagens efectuadas por este motivo. «A região do Algarve foi a mais visitada com 31,6% do total das dormidas efectuadas no trimestre fora da residência habitual», explicou o INE.

No trimestre terminado em Setembro de 2003, 30,1% da população com 15 ou mais anos ou viajou por Lazer, Recreio e Férias, ou por Profissionais/Negócios, ou por Visita a Familiares e Amigos ou ainda por Outros Motivos, o que significa uma descida de 4,1 pontos percentuais face a igual período de 2002.

No entanto, o destaque vai para aqueles que viajaram por motivo de «Lazer, Recreio e Férias», com 21,5%.Os turistas do sexo feminino foram os que mais viajaram com 52,5% contra os 47,5% do sexo masculino.

Relativamente à situação profissional, 61,5% dos inquiridos que viajaram «integram a população activa», revelou o INE.

Ver comentários
Outras Notícias