Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Poupança das famílias recupera ligeiramente mas ainda está abaixo de 4%

A poupança das famílias portuguesas continua muito baixa, mas registou uma ligeira recuperação no segundo trimestre de 2016, passando de 3,8% para 3,9%. Recuperação deve-se a crescimento do rendimento disponível.

Nuno Aguiar naguiar@negocios.pt 23 de Setembro de 2016 às 12:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de poupança das famílias portuguesas aumentou 0,1 pontos percentuais no ano terminado no segundo trimestre, em comparação com os primeiros três meses deste ano. Está hoje em 3,9% do rendimento disponível.

Por trás desta evolução, explica o INE, está um crescimento mais veloz do rendimento disponível face ao consumo (0,7% e 0,6%, respectivamente). Isto é, o dinheiro que as famílias têm para gastar aumentou mais do que os seus gastos.

"O crescimento do rendimento disponível das famílias resultou principalmente do aumento de 0,8% das remunerações recebidas, devido sobretudo às remunerações pagas pelas sociedades não financeira", escrevem os técnicos do instituto na sua publicação. "Os impostos pagos sobre o rendimento e património diminuíram, efeito que foi parcialmente compensado pelo aumento das contribuições sociais das famílias."

Ver comentários
Saber mais Instituto Nacional de Estatística INE poupanças
Mais lidas
Outras Notícias