Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Prémio António Champalimaud de Visão 2008 entregue a dois cientistas norte-americanos

A Fundação Champalimaud entregou o Prémio "António Champalimaud de Visão 2008" aos cientistas Jeremy Nathans e King-Wai Yau, que vão receber um milhão de euros, revelou a fundação em comunicado.

Negócios negocios@negocios.pt 09 de Setembro de 2008 às 18:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Fundação Champalimaud entregou o Prémio "António Champalimaud de Visão 2008" aos cientistas Jeremy Nathans e King-Wai Yau, que vão receber um milhão de euros, revelou a fundação em comunicado.

Segundo a mesma fonte, numa cerimónia realizada no Mosteiro dos Jerónimos e na presença do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, de José Sócrates, primeiro-ministro, Leonor Beleza, presidente da Fundação Champalimaud e Alfred Sommer, presidente do júri, os cientistas norte-americanos Jeremy Nathans, professor de Biologia Molecular, Genética e Oftalmologia, e King-Wai Yau, professor de Neurociências e Oftalmologia, receberam o prémio de 1 milhão de euros, que vão partilhar.

Os dois cientistas desenvolvem o seu trabalho na Johns Hopkins University, uma das “mais prestigiadas instituições do mundo”. A mesma fonte esclarece que o Prémio “António Champalimaud de Visão 2008” “distingue um conjunto de descobertas fundamentais que vieram mostrar como a luz é convertida pela retina nos sinais nervosos que são a base da visão humana”.

O trabalho liderado por Jeremy Nathans veio revelar as sequências genéticas que codificam os pigmentos visuais humanos, tendo identificado os seus mecanismos de acção e a forma como mutações nestes genes originam patologias da retina.

A investigação da equipa de King Wai Yau demonstrou como a absorção de luz por estes pigmentos gera os sinais eléctricos que formam a visão e que regulam os nossos ritmos biológicos. Estas descobertas são centrais para o nosso conhecimento actual sobre o funcionamento da Visão, abrindo assim caminhos para novas abordagens terapêuticas, conclui o comunicado.
Ver comentários
Outras Notícias