Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Preços no produtor alemão caíram inesperadamente em Janeiro

Os preços no produtor alemão caíram inesperadamente em Janeiro, pela primeira vez em oito meses, sugerindo que uma apreciação do euro face ao dólar está a ajudar a deter a inflação na maior economia da Europa.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 18 de Fevereiro de 2004 às 09:30
  • Partilhar artigo
  • ...

Os preços no produtor alemão caíram inesperadamente em Janeiro, pela primeira vez em oito meses, sugerindo que uma apreciação do euro face ao dólar está a ajudar a deter a inflação na maior economia da Europa.

Os custos dos bens que vão desde a borracha às máquinas baixaram 0,2% face a Dezembro, disse o Instituto Oficial de Estatísticas.

Em termos homólogos, os preços aumentaram 0,2%, em Janeiro, correspondendo às expectativas dos economistas consultados pela Bloomberg.

A valorização de 20% da moeda única europeia face ao dólar, no ano passado, está a baixar o custo dos bens importados. Os preços das importações caíram, em Dezembro, o máximo em sete meses.

A economia cresceu 0,2% no quarto trimestre face ao terceiro, no mesmo ritmo dos últimos três meses, impedindo a capacidade das empresas em aumentar os preços.

«Nos próximos meses a inflação vai abrandar novamente», disse Juergen Michels, economista no Citigroup em Londres. Este responsável estima que a inflação vá rondar os 1,2%, este ano.

O euro atingiu hoje o valor mais elevado desde o seu início, em 1999, nos 1,2928 dólares. O aumento da moeda reduz o montante de euros necessário para comprar importações cotadas em dólares.

Em Janeiro, os preços no consumidor aumentaram 0,1% face a Dezembro e ganharam 1,2% durante 2003, uma vez que a valorização do euro face ao dólar compensou um aumento nos custos com os cuidados com a saúde.

Ver comentários
Outras Notícias