Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Preços pagos aos produtores dos EUA disparam em Novembro

Os preços pagos aos produtores norte-americanos aumentaram ao ritmo mais rápido dos últimos 34 anos, em Novembro. Esta evolução foi justificada pelos aumentos dos custos dos combustíveis. Excluindo a alimentação e a energia, os preços registaram o maior a

Negócios negocios@negocios.pt 13 de Dezembro de 2007 às 13:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os preços pagos aos produtores norte-americanos aumentaram ao ritmo mais rápido dos últimos 34 anos, em Novembro. Esta evolução foi justificada pelos aumentos dos custos dos combustíveis. Excluindo a alimentação e a energia, os preços registaram o maior aumento desde Fevereiro.

A subida de preços no produtor dos EUA, em Novembro, foi de 3,2%, quando os economistas antecipavam um acréscimo de 1,5% no mesmo período.

A inflação subjacente, ou seja que não inclui alimentação nem energia, avançou 0,4% depois de se ter mantido estável no mês de Outubro.

A subida dos preços nos EUA surge depois da Reserva Federal (Fed) norte-americana ter decidido descer a taxa de juro de referência para o país de 5,25% para os 4,5%, praticados em Novembro. Na reunião que decorreu esta semana, os governadores optaram por reduzir novamente o preço do dinheiro para os 4,25%.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias