Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Presidente da Transdniestria quer que independência da região seja reconhecida

O Presidente da Transdniestria, Evgueni Chevtchuk, instou esta segunda-feira as autoridades moldavas a reconhecerem a independência desta região separatista pró-russa, no seu discurso anual à nação.

Lusa 07 de Abril de 2014 às 18:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

"Está na altura de tomarem uma decisão sobre a Transdniestria", declarou o Presidente, apelando às autoridades moldavas para que ajam de "maneira responsável" e reconheçam a independência da região.

 

Chevtchuk manifestou, em seguida, o seu apoio ao referendo realizado em Março na Crimeia, que conduziu, com a intervenção de forças russas, à reunificação daquela península ucraniana com a Rússia, que a Ucrânia e o Ocidente consideram uma "anexação".

 

A Transdniestria, pequena faixa de terra com 500 mil habitantes no leste da Moldávia, ganhou, com o apoio da Rússia, uma curta guerra da independência, após o desmembramento da União Soviética, em 1991, mas não é reconhecida pela comunidade internacional.

 

A Rússia mantém, desde então, soldados naquela região, contra a vontade do Governo moldavo, apesar do compromisso assumido em 1999 de as retirar.

 

O Presidente da Moldávia, Nicolae Timofti, expressou a sua preocupação com uma eventual repetição do cenário ucraniano nesta ex-república soviética.

Ver comentários
Saber mais Crimeia Rússia Ucrânia Moldávia Transdniestria Evgueni Chevtchuk
Outras Notícias