Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Presidente do Banco Central do Brasil troca de posto e vai para o FMI

O presidente do Banco Central do Brasil, Alexandre Tombini, deixará o seu cargo e será nomeado representante do país no Fundo Monetário Internacional (FMI).

Brasil 6ª posição em 2030, com PIB de 3.955 mil milhões de dólares, após 7ª posição em 2014.
Lusa 08 de Junho de 2016 às 23:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A informação foi divulgada por Otaviano Canuto, que ocupa a cadeira do Brasil no FMI desde Maio do ano passado.

 

Ao sair de uma reunião com o ministro das Finanças, Henrique Meirelles, Canuto disse que vai representar o Brasil no Banco Mundial e que Tombini ocupará o seu lugar.

 

Nesta quarta-feira, Tombini conduzirá a sua última reunião à frente do Comité de Política Monetária (Copom), que define a taxa de juros do país.

 

O banco central será liderado pelo economista Ilan Goldfajn, que foi indicado para o cargo pelo presidente interino do Brasil, Michel Temer.

Ver comentários
Saber mais Otaviano Canuto Brasil FMI Henrique Meirelles Banco Mundial Comité de Política Monetária Ilan Goldfajn Michel Temer Tombini
Outras Notícias