Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Previsões de défice recorde na balança correntedos EUA empurram euro

O euro seguia a ganhar terreno ao dólar, num dia em que os analistas esperam que as autoridades norte-americanas divulguem um défice recorde na balança de conta corrente dos EUA. A moeda europeia beneficiou também do fim da incerteza sobre o futuro da Uni

Ruben Bicho rbicho@mediafin.pt 17 de Junho de 2005 às 08:52

O euro seguia a ganhar terreno ao dólar, num dia em que os analistas esperam que as autoridades norte-americanas divulguem um défice recorde na balança de conta corrente dos EUA. A moeda europeia beneficiou também do fim da incerteza sobre o futuro da União Europeia.

O euro [eur] avançava 0,22% para os 1,2135 dólares.

O défice da balança de conta corrente norte-americana, cujos números oficiais serão divulgados ao início da tarde, terá crescido para um recorde de 190 mil milhões de dólares no último mês, segundo as estimativas dos analistas.

Esta previsão trouxe de volta ao mercado os receios sobre a capacidade do dólar se manter com ganhos em relação ao euro, levando a divisa europeia a valorizar.

Os ganhos da moeda única surgem também depois de um membro do conselho do Banco Central Europeu, Klaus Liebscher, ter afirmado que a instituição não se está a preparar para baixar as taxas de juro, reforçando aquilo que o presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, tinha dito no início da semana.

Outro dado a marcar a evolução do euro esta manhã foi a decisão dos líderes europeus de suspender a ratificação do tratado da Constituição Europeia.

Os analistas afirmavam que a actual cotação do euro já espelhava um eventual fracasso das negociações, podendo a moeda beneficiar com o fim da incerteza que desde os referendos em França e na Holanda pairava sobre o mercado.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio