Fundos comunitários Primeiro-ministro defende preparação do quadro comunitário pós-2020

Primeiro-ministro defende preparação do quadro comunitário pós-2020

"O pós-2020 é já amanhã", disse António Costa, realçando que, para que não se voltem "a perder dois anos, como se perdeu na transição do QREN para o Portugal 2020".
Primeiro-ministro defende preparação do quadro comunitário pós-2020
Lusa 27 de maio de 2017 às 17:33

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje que se tem de começar já a preparar o quadro comunitário pós-2020, considerando que esse poderá ser uma oportunidade para intervenções rodoviárias que ficaram por fazer.


"O pós-2020 é já amanhã", disse António Costa, realçando que, para que não se voltem "a perder dois anos, como se perdeu na transição do QREN para o Portugal 2020", é necessário "preparar já o pós-2020" para que se entre em 2021 em plena execução do futuro quadro comunitário.


O líder do executivo socialista, que falava em Tábua, distrito de Coimbra, realçou que se a transição entre quadros comunitários for rápida dá condições a todos os que perspectivam investimentos saberem "quais são as infraestruturas com que podem contar para o futuro".




Marketing Automation certified by E-GOI