Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Primeiro-ministro da Guiné-Bissau preso por militares

O primeiro ministro da Guiné-Bissau, Carlos Gomes Júnior, e o chefe das Forças Armadas, Zamora Induta, foram feitos reféns por militares hoje de manhã na capital guineense, adiantaram à Lusa fontes diplomáticas e de organizações internacionais.

Lusa 01 de Abril de 2010 às 13:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O primeiro ministro da Guiné-Bissau, Carlos Gomes Júnior, e o chefe das Forças Armadas, Zamora Induta, foram feitos reféns por militares hoje de manhã na capital guineense, adiantaram à Lusa fontes diplomáticas e de organizações internacionais.

As mesmas fontes disseram à Lusa que António Indjai, vice chefe das Forças Armadas, assumiu o comando da instituição militar.

Além de Carlos Gomes Júnior e de Zamora Induta, que se encontram detidos no quartel general das forças armadas, foi detido um grupo de oficiais superiores.

O ex-comandante da Armada Bubo Na Tchuto, que estava refugiado nas instalações da ONU em Bissau há meses, e sobre o qual pende uma acusação anterior de tentativa de golpe de estado, foi retirado do local e escoltado por militares para parte incerta.

Nas ruas da capital são visíveis muitos militares, todos de etnia balanta.



Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias