Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Prodi decepcionado com Merkel

O ex-presidente da Comissão Europeia Romano Prodi criticou hoje a forma como a chanceler alemã Angela Merkel está a gerir a crise na zona euro.

Lusa 05 de Dezembro de 2011 às 12:40
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
"Eu estou decepcionado com a gestão da crise da senhora Merkel. Ela cometeu erros. As suas decisões chegaram demasiado tarde e foram insuficientes", disse Prodi, que foi também primeiro-ministro italiano, em entrevista ao jornal austríaco Kurier.

Numa entrevista publicada por outro jornal, o Der Standard, o ex-presidente da Comissão Europeia critica também a líder da Alemanha por o país não ter assumido a liderança da Europa.

"A Alemanha acumulou um excedente enorme, 200 mil milhões só no ano anterior. O que eu critico a Berlim é que não assuma a sua liderança. E, em vem disso, a Alemanha reage muito lentamente", considerou Prodi, dando como exemplo o papel das autoridades alemãs na gestão da crise grega.

Prodi defendeu ainda a emissão de 'eurobonds', obrigações de dívida pública vendidas - e pagas -- em conjunto pelos Estados da zona euro e de uma intervenção mais forte do Banco Central Europeu (BCE) na resolução da crise.

"A minha proposta seria de utilizar como garantia as reservas em ouro do BCE e de outras instituições europeias", afirmou Prodi, considerando que "a moeda comum necessita de um verdadeiro banco central".

O ex-presidente do executivo europeu insistiu também na importância do euro para a economia europeia.

"Qualquer opção que não preveja a sobrevivência da zona euro será muito mais grave, e antes de tudo para a Alemanha", considerou.

Romano Prodi presidiu à Comissão Europeia entre 1999 e 2004 e ao executivo italiano entre 1996 e 1998 e entre 2006 e 2008.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, e a chanceler alemã, Angela Merkel, reúnem-se hoje em Paris para ultimar propostas comuns com vista a uma "refundação" da Europa, que apresentarão aos restantes líderes europeus no final da semana.

Na sexta-feira, Merkel indicou que a Europa está prestes a criar uma união orçamental, com regras mais rígidas, pelo menos para o espaço monetário único.

Ver comentários
Saber mais Prodi Merkel
Outras Notícias