Zona Euro Produção industrial desliza em Setembro na Alemanha

Produção industrial desliza em Setembro na Alemanha

Os analistas consideram que a descida do mês de Setembro deverá ser episódica, já que sucedeu a um Agosto com crescimento superior a 2% e que, na frente das encomendas e dos inventários, há boas notícias que perspectivam crescimento futuro da actividade.
Produção industrial desliza em Setembro na Alemanha
Paulo Zacarias Gomes 07 de novembro de 2017 às 07:52

O motor económico da Zona Euro deu sinais de fraqueza na componente industrial no mês passado, com a produção a cair 1,6% em relação a Agosto, um mês que tinha sido de forte crescimento para a actividade das fábricas, quando a produção industrial subiu 2,6% face a Julho. 


A condicionar a descida de Setembro - que saiu pior do que a queda de 0,8% esperada pelos analistas sondados pela Reuters - estiveram performances negativas da produção de bens de capital (-2,7%) e da energia (-4,3%). Também a componente da construção apresentou uma descida, de 0,4%.

Dados que, sinaliza o Financial Times, chegam um dia depois de conhecidos os números das encomendas do sector industrial, que superaram as expectativas dos analistas, com um número recorde de encomendas e uma descida significativa das existências, para mínimos de mais de duas décadas.

"Apesar do percalço de hoje, tudo se encaminha para assistirmos a um ressurgimento da actividade industrial nos próximos meses," afirmou Carsten Brzeski, do ING. Já o Barclays diz que a subida das encomendas no sector industrial pode ser um "reflexo da recuperação económica mundial sincronizada."