Função Pública Professores e médicos tentam acelerar progressões
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Professores e médicos tentam acelerar progressões

Professores, médicos ou polícias estão a tentar negociar regras mais favoráveis até à versão final do orçamento. António Costa enfrenta hoje a terceira greve da Função Pública, mas a primeira da Frente Comum, que agrega todas as federações da CGTP.
Professores e médicos tentam acelerar progressões
Miguel Baltazar/Negócios
Catarina Almeida Pereira 26 de outubro de 2017 às 22:20

Professores, médicos ou polícias estão a tentar acelerar o ritmo de progressão nas carreiras, procurando obter garantias até à aprovação final do Orçamento do Estado.

)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub