Emprego Programa Qualifica com 150 mil inscrições no primeiro ano de execução

Programa Qualifica com 150 mil inscrições no primeiro ano de execução

Mais de 150 mil pessoas inscreveram-se no Programa Qualifica durante o seu primeiro ano de execução, superando a meta anual prevista, revelam dados do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social a que a Lusa teve hoje acesso.
Programa Qualifica com 150 mil inscrições no primeiro ano de execução
Inês Gomes Lourenço
Lusa 07 de março de 2018 às 07:46

Destinado à educação e formação de adultos, o Programa Qualifica foi lançado há um ano e conta com "mais de 150 mil inscrições na rede de 300 Centros Qualifica" existentes em vários pontos do país, revela o ministério de Vieira da Silva.

Segundo os dados, registam-se ainda 115 mil encaminhamentos para ofertas formativas e processos de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC).

"Estes resultados sinalizam um importante progresso em matéria de educação e formação de adultos", sublinha a mesma fonte.

O número de adultos inscritos nos Centros Qualifica aumentou mais de 40% face a 2016 e 150% face à média de 50 mil inscrições por ano registada entre 2014 e 2015.

O volume de encaminhamentos para ofertas formativas e processos de RVCC aumentou cerca de 20% em relação a 2016 e mais de 180% na comparação com a média anual de 34 mil encaminhamentos observada no período de 2014 a 2015.

O Programa Qualifica foi lançado em Março de 2017, tendo como objectivo abranger 600 mil pessoas até 2020, com uma meta de 145 mil inscrições por ano.


Segundo o Ministério do Trabalho, o Programa Qualifica "deverá contribuir para elevar a taxa de participação de adultos em actividades de aprendizagem ao longo da vida" e "garantir que pelo menos metade da população adulta conclui o Ensino Secundário até 2020".

Esta estratégia é encarada como prioritária pelo Governo e integra-se no Programa Nacional de Reformas.




pub