Função Pública Progressões no Estado abaixo das expectativas criadas
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Progressões no Estado abaixo das expectativas criadas

Governo promete avançar com a revisão de carreiras não revistas das inspecções, informática e fiscalização. E admite negociações sectoriais, numa altura em que professores, médicos, enfermeiros, polícias ou militares aumentam a pressão.
Progressões no Estado abaixo das expectativas criadas
Catarina Almeida Pereira 26 de fevereiro de 2018 às 22:20

A medida emblemática do orçamento do Estado para 2018 está abaixo das expectativas criadas. Em Janeiro houve 125 serviços que reportaram o pagamento de progressões a 40 mil funcionários, número que o

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião16
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Anónimo 27.02.2018

Porque é que haveriam de progredir se quase metade são excedentários desde há mais de uma década e quase outra metade o será na próxima, sendo que os restantes são na maioria pagos bem acima do seu preço de mercado que não pára de descer?

comentários mais recentes
Judas a cagar no deserto 27.02.2018


No outro dia passei pela Assembleia da Republica, vi 1 policia e perguntei:

- Quantos funcionários trabalham ali ?

Resposta do policia: Metade dos que lá estão.

fpublico licenciado pre-bolonha ha mais de 40 anos 27.02.2018

sr. manuel gomes
os professores são das classes mais favorecidas em portugal. vao pra reforma com media de 2.500€ (mais que 1 diretor de serviços ou 1 tecnico de informatica lic) e muitos tiraram e tiram o curso a custa dos meus impostos, são os chamados xulos

v.d lista mensal aposentados da CGA

Manuel Gomes 27.02.2018

Exma Sra. Catarina, saiba que, sobre professores, a senhora não percebe nada. Os professores para progredir um escalão têm que ter avaliação realizada no ano anterior ao da mudança e 50 horas de formação. Não progridem por tempo como afirma. Tenha respeita por quem a ensinou a ler, escrever e raciocinar. Provavelmente andou num desses colégios que, desde que pague a mensalidade, já pode concluir um curso.

policia/GNR, militares velhinhos 60 anosS/Corte 27.02.2018

VIA LEI APOSENTAÇÃO DO TEMPO DO FASCISMO

BASTA A INSTRUÇÃO BASICA E LEVAMOS 1.700€ DE REFORMA AOS 60 ANOS

OS TUGAS MANSOS QUE TRABALHEM ATE AOS 66 ANOS E 5 MESES

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub