Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Promessa de Trump pode encolher economia dos EUA em 2%

Um estudo realizado pelo American Action Forum conclui que, se Donald Trump vencer as eleições e cumprir a promessa de deportar os imigrantes ilegais, a economia norte-americana pode encolher em 2%.

Bloomberg
Negócios 05 de Maio de 2016 às 13:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Se Donald Trump vencer a corrida à Casa Branca e cumprir a sua promessa de deportar todos os imigrantes ilegais, poderá encolher a economia norte-americana em 2%. A conclusão é de um estudo realizado pelo think tank American Action Forum, divulgado esta quinta-feira, 5 de Maio.  

 

As estatísticas do governo norte-americano revelam que cerca de 6,8 milhões dos mais de 11 milhões de imigrantes que vivem ilegalmente nos Estados Unidos estão empregados. Segundo o estudo, a sua deportação representaria uma quebra de 381,5 mil milhões de dólares na produção do sector privado.

 

A análise do American Action Forum acrescenta ainda que a remoção desses trabalhadores deixaria milhões de vagas de empregos por preencher, devido à falta de trabalhadores legais dispostos a ocupá-las. Entre os sectores com maior proporção de trabalhadores sem documentos estão a agricultura, a construção e a hotelaria.

 

"As coisas que Donald Trump tem dito são totalmente inviáveis", refere Douglas Holtz-Eakin, presidente do Fórum e o principal assessor económico para a campanha presidencial do senador John McCain de 2008.

 

Trump, que esta semana ficou à beira da nomeação republicana, apela à expulsão de todos os que vivem ilegalmente nos Estados Unidos, argumentando que essas pessoas contribuem para o desemprego no país.

 

Essa posição mereceu uma forte oposição de líderes empresariais, como os irmãos Koch, bem como de defensores dos direitos humanos. O candidato enfureceu ainda mais os opositores dizendo que o México está a enviar violadores e traficantes de droga para os Estados Unidos, e que os muçulmanos deviam ser temporariamente proibidos de entrar no país para reforçar a segurança nacional.  

 

A sua postura face ao tema da imigração despertou, ao mesmo tempo, um forte apoio de uma franja dos eleitores norte-americanos.

 

Numa sondagem da Reuters/Ipsos realizada em Setembro, 52,6% dos inquiridos respondeu que gostava que todos ou a maioria dos imigrantes ilegais fosse deportado, contra 34,6% que defendeu a sua permanência.

 

A análise do American Action Forum não tem em consideração os potenciais impactos das deportações em massa sobre o consumo, o investimento e outros factores económicos.

 

Segundo dados do Fundo Monetário Internacional, citados pela Reuters, a economia norte-americana deverá produzir bens e serviços no valor de 18,7 biliões de dólares em 2016. Uma perda de 400 mil milhões representa cerca de 2% desse valor.

Ver comentários
Saber mais Donald Trump Casa Branca American Action Forum Estados Unidos Douglas Holtz-Eakin John McCain Reuters Fundo Monetário Internacional política
Outras Notícias