Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSD contra cortes nas deduções do IRS em 2011

O ministro das Finanças não fechou ontem a hipótese de novos aumentos de impostos, com a introdução de cortes nas deduções de IRS em 2011, uma intenção que promete aumentar a tensão entre o Governo e o PSD, avança hoje o "Diário de Notícias".

Negócios negocios@negocios.pt 03 de Junho de 2010 às 10:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
O ministro das Finanças não fechou ontem a hipótese de novos aumentos de impostos, com a introdução de cortes nas deduções de IRS em 2011, uma intenção que promete aumentar a tensão entre o Governo e o PSD, avança hoje o “Diário de Notícias”.

“Espero que estes sejam os últimos aumentos de impostos”, disse ontem o ministro das Finanças no Parlamento, acrescentando que já em 2011 avançarão os cortes nas deduções em IRS (em despesas como de educação ou saúde).

Estes cortes chegaram a ser anunciados na versão inicial do PEC, em Abril, mas ficaram na gaveta quando Sócrates e Passos negociaram as novas medidas que chegaram agora à AR. Recuperadas no Orçamento de 2011, prometem reabrir a tensão entre os dois líderes.

Miguel Relvas, porta-voz do PSD, lembrou isso mesmo ao “Diário de Notícias”, depois da declaração do ministro: "Os termos do acordo [PSD-Governo] são públicos e conhecidos. Não comento hipóteses."

Ver comentários
Outras Notícias