Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSD ganharia eleições com mais 10% de votos do que o PS

PSD recolhe 37,8% das intenções de voto. PS fica-se pelos 27,8%. Nível de abstenção situa-se nos 38,1%

Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 06 de Fevereiro de 2011 às 17:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 15
  • ...
O PSD ganharia as eleições legislativas, caso elas se realizasse agora, com uma vantagem de 10% em relação ao PS, revela o barómetro mensal de Fevereiro da Aximagem, elaborado para o Negócios e para o "Correio do Manhã".

A sondagem revela uma intenção de voto de 37,8% no PSD, enquanto os socialistas se ficariam pelos 27,8%. O nível da abstenção é, contudo, elevado, situando-se nos 38,1%.

Nesta sondagem, a intenção de voto atribuída ao CDS/PP é de 9,5%. O partido mantém-se assim como terceira força política.

A CDU (coligação entre o PCP e os Verdes) recolheria 9,3% dos votos e o Bloco de Esquerda 6,5%.

A avaliação negativa do Governo de José Sócrates é outra das notas dominantes deste barómetro.

Questionados sobre as expectativas que tinham em relação ao actual Executivo e sua prática, 47,7% dizem que foi pior, enquanto para 41,4% foi igual. Só 9,4% é da opinião que superou as expectativas.

FICHA TÉCNICA Universo: indivíduos inscritos nos cadernos eleitorais em Portugal com telefone fixo no lar ou possuidor de telemóvel.

Amostra: aleatória e estratificada (região, habitat, sexo, idade, escolaridade, actividade e voto legislativo) e representativa do universo e foi extraída de um sub-universo obtido de forma idêntica. A amostra teve 600 entrevistas efectivas: 293 a homens e 307 a mulheres; 151 no interior, 231 no litoral norte e 218 no litoral centro sul; 155 em aldeias, 209 em vilas e 236 em cidades.Proporcionalidade pelas variáveis de estratificação é obtida após reequilibragem amostral.

Técnica: Entrevista telefónica por C.A.T.I., tendo o trabalho de campo decorrido entre os dias 1 e 3 de Fevereiro de 2011, com uma taxa de resposta de 76,3%.

Erro probabilístico: Para o total de uma amostra aleatória simples com 600 entrevistas, o desvio padrão máximo de uma proporção é 0,020 (ou seja, uma “margem de erro” - a 95% - de 4,0%).

Responsabilidade do estudo: Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direcção técnica de Jorge de Sá e de João Queiroz.

Ver comentários
Saber mais Eeleições PS PSD CDU CDS/PP Bloco de Esquerda sondagem
Outras Notícias