Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSD: Previsão de crescimento é "irrealista" e "afecta todo o Orçamento"

O PSD considerou hoje que a proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2011 assenta numa previsão de crescimento "irrealista", que afecta todo o documento, "todas as hipóteses, todos os pressupostos".

Lusa 16 de Outubro de 2010 às 19:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
Numa primeira reacção do PSD à proposta do Governo, no Parlamento, o vice-presidente do grupo parlamentar social-democrata Miguel Frasquilho considerou também que esta não parece ser "nada transparente" e dificulta a obtenção de informação.

"Por exemplo, continuamos sem perceber como é que se insiste num défice de 7,3 por cento para 2010 quando se sabe que o fundo de pensões da Portugal Telecom (PT) vale cerca de 2600 milhões de euros, um valor de cerca de 1,5 por cento do PIB", apontou.

No final da sua declaração, Miguel Frasquilho recusou responder a perguntas dos jornalistas e remeteu para as reuniões dos órgãos nacionais do PSD, na terça-feira, uma análise "mais clara e mais exaustiva" da proposta do Governo.

"Este Orçamento, numa leitura muitíssimo rápida, que é a única coisa que pode ser feita, assenta, quanto a nós, em pressupostos pouco consistentes e pouco credíveis", começou por declarar.

O antigo secretário de Estado do Tesouro referiu que as previsões já conhecidas, de "instituições, quer nacionais, quer internacionais", apontam "todas elas" para um crescimento negativo da economia portuguesa em 2011, "da ordem, em média, de -1 por cento".

"Parece-nos, portanto, irrealista que o Governo considere um crescimento positivo, ainda que marginalmente positivo, e isto afecta todo o Orçamento do Estado, todas as hipóteses, todos os pressupostos", acrescentou.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias