Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSOE anuncia acordo com esquerda para ampliar ajuda a desempregados

O acordo refere-se ao apoio adicional de 420 euros mensais que o Governo anunciou que seria dado aos desempregados que deixaram de receber subsidio. O apoio será retroactivo, a contar a partir de 1 de Janeiro, e não de 1 de Agosto.

Negócios com Lusa 02 de Setembro de 2009 às 13:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O partido socialistas espanhol, no Governo, anunciou hoje ter chegado a acordo com os partidos da esquerda no Congresso de Deputados para ampliar a ajuda adicional a desempregados que tenham deixado de receber o subsídio.

O acordo refere-se ao apoio adicional de 420 euros mensais que o Governo anunciou que seria dado aos desempregados que deixaram de receber subsidio, apoio que ao início contava apenas a partir de 1 de Agosto.


Com o acordo de hoje - cujos detalhes estão agora a ser ultimados - amplia-se o prazo de cobertura que começa assim desde 1 de Janeiro último.


A pressão política e sindical tinha levado, nos últimos dias, o Governo a antecipar o período de cobertura até 1 de Junho.

A medida abrange todos os desempregados que esgotem o período de subsídio de desemprego e que estejam em situação económica de necessidade.

Para tal terão que demonstrar que os seus rendimentos não ultrapassam 75% do salário mínimo que em 2008 era de 624 euros mensais. Ou seja apenas podem ter acesso a este apoio os desempregados que tenham rendimentos inferiores a 468 euros mensais.

Estes desempregados devem ainda demonstrar uma "participação efectiva" na tentativa de inserção laboral que inclua formação para o emprego.



Ver comentários
Outras Notícias