Economia Público: Prisões portuguesas entre as mais sobrelotadas da Europa

Público: Prisões portuguesas entre as mais sobrelotadas da Europa

De acordo com o jornal Público desta quarta-feira, 9 de Março, a situação melhorou. Na Europa, 13 serviços prisionais lidam com falta de espaço.
Público: Prisões portuguesas entre as mais sobrelotadas da Europa
Negócios 09 de março de 2016 às 09:24

A sobrelotação das prisões europeias está a diminuir. Contudo, um em cada quatro serviços prisionais europeus assiste a esse cenário. Portugal é um deles, concretiza o Público desta quarta-feira, 9 de Março.

O jornal cita os dados do relatório anual do Conselho da Europa sobre as estatísticas penais relativo a 2014. Nesse ano, a Europa tinha 94 presos no lugar de cem.

Dos 51 serviços prisionais analisados, 13 lidavam com um problema de sobrelotação.

Portugal tinha no final desse ano 14 mil presos mas capacidade para acolher apenas 12.591. Tal representa uma taxa de ocupação de 111,2%.

O Público alerta que a situação não melhorou desde o final de 2014. No primeiro dia deste mês de Março, Portugal tinha 14.277 reclusos. A taxa agora é de 112,1%.




Marketing Automation certified by E-GOI