União Europeia Puigdemont renuncia temporariamente à presidência e propõe Jordi Sanchez

Puigdemont renuncia temporariamente à presidência e propõe Jordi Sanchez

O ex-presidente do governo regional catalão e líder do Juntos pela Catalunha, Carles Puigdemont, anunciou esta quinta-feira que renuncia temporariamente à sua investidura à frente de novo executivo, propondo Jordi Sanchez, número dois da lista, actualmente em prisão preventiva.
Puigdemont renuncia temporariamente à presidência e propõe Jordi Sanchez
Reuters
Lusa 01 de março de 2018 às 19:23

Puigdemont anunciou a decisão e lançou a proposta de que seja investido, no seu lugar, Jordi Sànchez, num vídeo que divulgou nas redes sociais.

O Parlamento catalão tinha hoje mesmo aprovado uma resolução em que defendia a "legitimidade" do independentista ex-presidente do Governo regional.

A resolução foi aprovada depois de várias semanas de bloqueio político na Catalunha, na sequência da decisão do Tribunal Constitucional de proibir uma nova investidura de Carles Puigdemont, que fugiu para a Bélgica.

A lista Juntos pela Catalunha de Carles Puigdemont foi a mais votada do bloco independentista nas eleições de 21 de Dezembro último que no seu conjunto tem 70 dos 135 deputados regionais eleitos.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 01.03.2018

De nada adianta os franquistas da Catalunha fazerem o jogo de Madrid. A Catalunha vai continuar a ser uma pedra no sapato de Madrid.

pub