Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Queixa de ex-espião arquivada

O ex-espião Silva Carvalho queixou-se de devassa da vida privada e violação de correspondência electrónica. A Procuradoria arquivou a queixa.

Pedro Catarino/Correio da Manhã
Negócios 15 de Julho de 2013 às 10:15
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

Quase dois anos de investigação que conduziram ao arquivamento da queixa. O ex-director do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa (SIED), Jorge Silva Carvalho, queixou-se de devassa da vida privada e violação da correspondência electrónica, tendo em Agosto de 2011 entregado o seu computador ao DIAP de Lisboa para investigação. Isto depois do "Expresso" noticiar que Silva Carvalho passava informação confidencial dos serviços secretos para a Ongoing, para onde foi trabalhar depois de sair do SIED.

 

O "Expresso" volta agora à notícia, divulgando a decisão de arquivamento. Silva Carvalho não conseguiu que o argumento de que alguém tinha tido acesso ao seu computador motivasse uma acção.

 

A procuradoria arquivou a queixa, dizendo não haver vestígios de que o computador tenha sido alvo de invasão, tendo concluído que alguém com conhecimentos de informática apagou, com recurso a um programa específico, os ficheiros e emails com informações. De acordo com o despacho de arquivamento, noticiado pelo "Expresso" no sábado, o computador de Silva Carvalho não estava protegido com "password" nem com "firewalls" (programa de protecção anti-vírus e de software de introsão). 

 

O advogado de Silva Carvalho diz que vai reclamar hierarquicamente do arquivamento. 

Ver comentários
Saber mais Serviço de Informações Estratégicas de Defesa SIED Jorge Silva Carvalho
Outras Notícias