Saúde Queixas na saúde subiram 18,4% em 2017

Queixas na saúde subiram 18,4% em 2017

O regulador do sector da saúde recebeu em média 192 queixas por dia dos utentes relativas a prestadores públicos e privados.
Queixas na saúde subiram 18,4% em 2017
Bruno Simão
Negócios 20 de abril de 2018 às 09:17
A Entidade Reguladora da Saúde (ERS) recebeu 70.111 reclamações em 2017 relativas a prestadores de saúde públicos e privados, um crescimento de 18,4% face ao ano anterior.

Os temas que mais originaram queixas foram: os procedimentos administrativos (20,3%), os tempos de espera (19,5%) e as questões relacionadas com a focalização no utente (17%), segundo o Público desta sexta-feira, 20 de Abril. Por dia, a insatisfação dos utentes com os prestadores de saúde originou em média 192 queixas. 

Analisando em específico o primeiro semestre de 2017, a maioria das reclamações (70,5%) recebidas diziam respeito a prestadores públicos, à semelhança do que aconteceu em 2016. Simultaneamente, foram também os prestadores públicos que receberam a maioria dos elogios por parte dos utentes.

Em 2017, a ERS efectuou um total de 650 fiscalizações, com a maioria a terminar em arquivamento, dos quais 162 juntavam uma proposta de abertura de processo de contra-ordenação. Em nove dos processos foi também aplicada a medida cautelar de suspensão da actividade.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI