Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Indignados" paralisam circulação em Roma e entram no Coliseu

Vários manifestantes conseguiram entrar no Coliseu, o monumento mais famoso da Roma antiga, juntando-se aos turistas, antes de voltarem a sair.

Lusa 15 de Janeiro de 2012 às 17:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
"Indignados" italianos e de outros países europeus paralisaram hoje a circulação no centro de Roma e conseguiram entrar no Coliseu, ridicularizando os dirigentes da Europa face à crise financeira, depois dos protestos de sábado no Vaticano.

A maior parte dos cerca de 200 manifestantes partiram no início da tarde da praça San Giovanni, dançando e batendo em tambores. Alguns tinham máscaras e chamaram à sua manifestação "carnaval do sistema".

Entre as pessoas que passavam na rua, algumas acompanhavam os manifestantes na dança e nas palmas.

"Consegue a tua liberdade, ninguém ta dará", lia-se num cartaz, "Banco Mundial, nós não pagamos a vossa crise", era a mensagem de outro.

"Cada revolução nasceu da desobediência! Revolução pacífica!", ostentava uma faixa.

Vários manifestantes conseguiram entrar no Coliseu, o monumento mais famoso da Roma antiga, juntando-se aos turistas, antes de voltarem a sair.

Na praça de Veneza, os "indignados" com máscaras representando o presidente do Conselho Mário Monti, da chanceler Angela Merkel e do Presidente Nicolas Sarkozy, encenavam uma situação de troca de beijos entre eles, a alguns dias do encontro entre os três dirigentes, marcado para sexta-feira, em Roma.

No sábado, a polícia de Roma interveio contra cerca de 50 manifestantes, nomeadamente de Espanha e França, que contestavam o poder do Papa e a riqueza do Vaticano, na praça de S.Pedro.

Ver comentários
Saber mais indignados Itália Roma Europa
Mais lidas
Outras Notícias