Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Não se pode pôr a economia a crescer por decreto"

Santos Pereira diz que para haver crescimento "é fundamental assegurar o financiamento das empresas". Banca avisa que o "crédito não é um direito".

Maria João Gago mjgago@negocios.pt 19 de Outubro de 2011 às 00:01
"Não se pode pôr a economia a crescer por decreto. É fundamental assegurar o financiamento das empresas", defendeu ontem o ministro da Economia, na conferência "O Estado e a Competitividade da Economia Portuguesa", organizada pela Antena 1 e pelo Negócios. Álvaro Santos Pereira elencou várias iniciativas que o seu Governo tem em curso com este objectivo, mas a banca deixou um aviso: "o crédito não é um direito. É uma possibilidade", sublinhou Fernando Ulrich.


logo_empresas

Ver comentários
Saber mais Álvaro Santos Pereira economia banca Estado competitividade
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio