Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Nunca terei nada de pessoal" contra o bastonário dos advogados

Ministra justificou saída apressada do congresso dos advogados e garante que nada tem de pessoal contra Marinho Pinto. "Mesmo que o contrário não seja verdade", sublinhou.

Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 15 de Novembro de 2011 às 13:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
"Nunca terei nada de pessoal com alguém que ocupe um cargo institucional, por muito que o contrário seja verdade", disse hoje Paula Teixeira da Cruz no Parlamento. A ministra da Justiça respondia a uma questão do deputado socialista Pita Ameixa, que criticou a sua intervenção no congresso dos advogados, da passada sexta-feira, na Figueira da Foz, bem como a sua saída imediata, logo após ter discursado.

Paula Teixeira da Cruz sublinhou que respeita e gosta "do direito à divergência, até porque isso me ajuda a decidir". Mais tarde, em declarações aos jornalistas no fim do debate, veio esclarecer: "Para mim, não aconteceu nenhum incidente no congresso dos Advogados. Durante meses ouvi referências várias, até atentatórias. Entendi que devia ir ao congresso, que era o local adequado, para expor as reformas em curso no meu ministério”.

Na sexta-feira, a ministra esteve no congresso onde deixou palavras duras aos advogados. O bastonário, Marinho Pinto, sentiu-se pessoalmente atingido e respondeu, acusando a governante de ter saído de imediato, logo após ter discursado, na sessão de abertura, sem ter esperado pelo fim dos trabalhos. Teixeira da Cruz justificou-se, dizendo que tinha de estar presente na votação na generalidade do Orçamento do Estado, que decorria no Parlamento.
"Fui [ao congresso] pedir a colaboração institucional e que a calúnia não fosse um caminho" e "Estava ali, olhos nos olhos", disse ainda a ministra, salientando que continuara a apostar no relacionamento institucional. "A lealdade vai continuar a ser o nosso timbre, que é assim que deve ser", concluiu.



Ver comentários
Saber mais Paula RTeixeira da Cruz Marinho Pinto
Mais lidas
Outras Notícias