Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Organismos como o BEI deviam colmatar as falhas da banca comercial"

Nuno Capucho, director financeiro da MSF Concessões, lembra que a banca nacional não tem liquidez para financiar infraestruturas necessárias e é preciso encontrar alternativas.

Rita Faria afaria@negocios.pt 05 de Abril de 2011 às 20:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
"Temos uma conjuntura muito difícil para fazer investimentos, e resta-nos saber se o governo tem capacidade para implantar um plano nacional de infra-estruturas", afirmou hoje Nuno Capucho, director financeiro da MSF Concessões.

O responsável falava no 1º Congresso Anual de Investimento e Financiamento no sector de Infra-estruturas onde sugeriu que, face à falta de liquidez da banca nacional, "devíamos atrair organismos como o BEI, que devia colmatar as falhas da banca comercial".

"Diria que as PPP seriam um instrumento óbvio mas há um pagador final, que é o Estado", afirmou o responsável lembrando que "não podemos esquecer as vantagens das PPP que são o benefício que traduz na dívida e no défice do Estado, a partilha de riscos e a introdução de eficiência por parte do parceiro privado."

A mesma opinião partilha Nuno Soares Ribeiro, Partner VTM, que elogiou o resultado alcançado ao longo de mais de 15 anos de parcerias público-privadas, que, na sua opinião, são modelos que devem ser "desenvolvidos e aperfeiçoados".

"Nos últimos 15 anos desenvolvemos grandes capacidades com as PPP's e não devemos descapitalizar os conhecimentos adquiridos com a participação do sector privado", referiu Soares Ribeiro no decorrer do encontro.



Ver comentários
Saber mais Infra-estruturas portugal banca bei
Outras Notícias