Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Portugal deveria ter pronto um pacote de financiamento externo"

Simon Johnson é conhecido pela forma contundente com que tem criticado o papel da banca e de Wall Street no espoletar da crise. O Ex-economista-chefe do FMI e professor do MIT diz ao Negócios temer que o Governo português esteja em estado de negação .

"Portugal deveria ter pronto um pacote de financiamento externo"
Rui Peres Jorge rpjorge@negocios.pt 19 de Abril de 2010 às 07:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...
Simon Johnson é conhecido pela forma contundente com que tem criticado o papel da banca e de Wall Street no espoletar da crise. O Ex-economista-chefe do FMI e professor do MIT diz ao Negócios temer que “o Governo português esteja em estado de negação”.

A opinião escrita em vários jornais e no blogue "The Baseline Scenario" transformaram-no numa das vozes de referência sobre o descalabro dos últimos dois anos. Artigos como o "O golpe de Estado silencioso" publicado em Abril de 2009 na "The Atlantic", ou o livro "13 Bankers", publicado em Março, mereceram reconhecimento internacional.

Nos últimos meses, a atenção do economista focou por várias vezes a difícil situação grega e europeia. Na quinta-feira, foi a vez de Portugal. Na edição "on-line" do "New York Times", Johnson co-assinou um dura avaliação à situação nacional: depois da Grécia, Portugal pode bem ser o "o próximo problema global". Fernando Teixeira dos Santos não gostou e adjectivou a avaliação como "disparates" que revelam "ignorância" sobre a economia nacional e a moeda única. Ao Negócios, em entrevista telefónica a partir de Los Angeles, Simon Johnson não esconde a surpresa com a reacção do governo português.



logo_empresas

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias