Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Temos uma crise de líderes"

Belmiro de Azevedo afirmou hoje que Portugal tem uma crise de líderes tanto no Governo, como nos partidos, nos empresários e nos sindicatos. O patrão da Sonae, na abertura do Fórum para a Competitividade, acusou os políticos de falarem "do que não sabem e prometerem o que não podem cumprir".

Susana Domingos sdomingos@negocios.pt 18 de Fevereiro de 2009 às 11:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 28
  • ...
Belmiro de Azevedo afirmou hoje que Portugal tem uma crise de líderes tanto no Governo, como nos partidos, nos empresários e nos sindicatos. O patrão da Sonae, na abertura do Fórum para a Competitividade, acusou os políticos de falarem “do que não sabem e prometerem o que não podem cumprir”.

“Temos uma crise de líderes no Governo, temos uma crise de líderes nos partidos, temos uma crise de líderes entre os empresários e temos uma crise de líderes nos sindicatos”, afirmou hoje o presidente do grupo Sonae referindo-se à forma como se tem lidado com a actual crise.

O empresário considera que os sindicatos continuam a defender “o emprego para a vida” regressando a uma teoria que já foi abandonada nos anos 80 e que não se coaduna com realidade actual.

“Os políticos falam do que não sabem e prometem o que não podem cumprir”, afirmou referindo que durante anos “os governos acreditaram que o milagre de uma receita elástica é eterno”.

“O Estado tem-se comportado sob a permissa de que tem uma máquina de fazer notas e que tem acesso a crédito ilimitado”, disse o responsável.

Belmiro alertou para os perigos da dívida pública demasiado elevado dizendo que “agora que se começa a fazer o downgrading das notações financeiras percebe-se que o dinheiro não é tão abundante assim, pode tender para zero, e seguramente tende para infinito em termos de encargos e juros no longo prazo”.

Ver comentários
Outras Notícias