Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rajoy: "Não vai haver nenhum resgate da banca espanhola"

O primeiro-ministro de Espanha voltou hoje a excluir a hipótese de o país pedir ajuda externa para a banca. A evolução das taxas de juro não tem "absolutamente" nada a ver com as decisões sobre o Bankia, disse.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 28 de Maio de 2012 às 13:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
O líder do Governo espanhol continua convicto de que Espanha não vai recorrer à ajuda externa, nem para resolver os problemas do seu sector bancário. Mariano Rajoy disse hoje em conferencia de imprensa citada pelo "El País" que o Estado não vai perder os 23,5 mil milhões de euros que vai injectar no Bankia.

"Não vai haver nenhum resgate da banca espanhola", afirmou o primeiro-ministro que voltou a pedir uma resposta da Europa à crise que assegura a viabilidade do euro e a sustentabilidade das dívidas soberanas.

Rajoy disse ainda que Espanha não vai perder o dinheiro que dos contribuintes que foi injectado no Bankia para evitar a sua insolvência.

"Quando a entidade estiver saneada e sendo, como é, a primeira entidade financeira de Espanha, vai ser vendida e vai ser recuperado o dinheiro do Estado." A declaração coincide com o regresso do Bankia à negociação em bolsa, que se encontrava interrompida devido às incertezas que persistiam sobre a viabilidade da instituição.

Na bolsa, a tónica é de queda das acções do Bankia que fixaram um mínimo de 1,10 euros por acção ao terem chegado a caír 29,9% durante a sessão de hoje. Os analistas avaliam o banco em valores entre os 0,20 euros e um euro por acção.

Rajoy disse também que a evolução do prémio de risco que os investidores exigem para financiar Espanha não tem “absolutamente” nada a ver com as decisões para Bankia.

Ao mesmo tempo que se intensifica a ansiedade em torno do Bankia sobem as taxas de juro da dívida de Espanha. O prémio de risco implícito nas obrigações soberanas de Espanha com maturidade de 10 anos face às alemãs atingiu hoje um máximo recorde nos 509 pontos base.

O Bankia pediu uma injecção de capital de 19 mil milhões de euros ao Estado espanhol na passada sexta-feira. Um montante que soma aos 4,465 mil milhões que já recebeu no ano passado e que perfaz uma ajuda de 23,5 mil milhões de euros.

As acções do Bankia seguem a desvalorizar 11,78% para 1,385 euros por título. O banco acumula uma perda de 66% desde o principio do ano. Ao actual preço de mercado, o banco tem uma capialização bolsista de 2,76 mil milhões de euros.


(Notícia actualizada às 14h10 com mais detalhe.)
Ver comentários
Saber mais Espanha Rajoy Mariano Rajoy Bankia crise
Outras Notícias