Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rebelo de Sousa diz que Cavaco ganhou porque é "do povo, povo"

O comentador político Marcelo Rebelo de Sousa, antigo líder do Partido Social-Democrata (PSD), afirmou hoje que Cavaco Silva, vencedor das eleições presidenciais, tem o currículo mais vitorioso de sempre em Portugal porque "vem do povo, povo".

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 23 de Janeiro de 2011 às 01:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Na TVI, Rebelo de Sousa desvalorizou a alta taxa de abstenção verificada, e apontou ainda os factores reeleição, necessidade de estabilidade e confiança e a falta de adversários à altura como as razões do triunfo do antigo primeiro-ministro.

"(Cavaco Silva) Ganhou porque é habitual um Presidente da República em funções ser reeleito. Além disso, neste contexto, as pessoas procuram um referencial de estabilidade e de confiança, além de os concorrentes serem notoriamente fracos e sem perfil", disse.

O jurista realçou as cinco vitórias de Cavaco Silva em eleições nacionais (legislativas ou presidenciais), "quatro das quais com mais de 50% dos votos", classificando-o como "caso único na direita" por ter sido o único chefe de Governo ou Presidente a andar "numa escola comercial e não num liceu".

"A esquerda não percebeu este potencial do percurso sociológico de Cavaco. Vem do povo, povo. Cavaco foi buscar uma fatia importante ao eleitorado da esquerda. É um caso único na direita portuguesa, de abrangência social", afirmou.

Relativamente à taxa de abstenção, "superior a todas as que se verificaram em actos presidenciais anteriores", Rebelo de Sousa disse que não era "dramaticamente impressionante" por se terem verificado "falhas processuais e mau tempo", embora considerasse que "quem não foi votar, podendo, cometeu um grave erro democrático porque depois não pode dizer mal".

Ver comentários
Saber mais Marcelo Rebelo de Sousa Partido Social-Democrata PSD
Mais lidas
Outras Notícias