Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Receios de quebra da procura levam petróleo a desvalorizar

Os preços do petróleo inverteram a tendência positiva e seguem agora a desvalorizar com os receios de uma quebra da procura a superarem o efeito das expectativas de uma redução da produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP).

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 10 de Março de 2009 às 18:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os preços do petróleo inverteram a tendência positiva e seguem agora a desvalorizar com os receios de uma quebra da procura a superarem o efeito das expectativas de uma redução da produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP).

O West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, perdia 1,55% para os 46,34 dólares e o barril de Brent, transaccionado em Londres, recuava 0,84% para os 43,76.

A matéria-prima negociou em alta grande parte da sessão, tal como aconteceu nos dois últimos dias com o mercado a esperar um corte de produção por parte da OPEP.

Apesar de já ter registado subidas de cerca de 3%, a matéria-prima inverteu a tendência estando agora a desvalorizar. A pressionar estão as expectativas de que as reservas petrolíferas dos EUA tenham aumentado na semana passada.

Os analistas consultados pela Bloomberg esperam que as reservas tenham subido em 500 mil barris na semana passada, na maior economia do mundo.

O relatório vai ser divulgado amanhã pelo Departamento de Energia, mas os responsáveis já revelaram hoje que a procura petrolífera mundial vai ser em média de 84,24 milhões de barris diários em 2009.

Estes números são inferiores aos registados em 2008 em 1,38 milhões de barris, o que também está a penalizar a negociação da matéria-prima.

Ver comentários
Outras Notícias