Europa Reino Unido reduz nível de alerta

Reino Unido reduz nível de alerta

O nível de alerta regressa ao mesmo patamar em que se encontrava antes do ataque de Manchester. A primeira-ministra apela à população para que se mantenha vigilante.
Reino Unido reduz nível de alerta
Reuters
Paulo Zacarias Gomes 27 de maio de 2017 às 13:08
As autoridades britânicas reduziram este sábado, 27 de Maio, em um grau o nível de alerta, que passou do nível de "ameaça" - que sugere a possibilidade de um ataque iminente - para "severo", indiciando um ataque altamente provável.

A alteração, anunciada pela primeira-ministra Theresa May, surge depois de várias operações policiais na sequência do atentado suicida do início desta semana em Manchester que matou 22 pessoas.

Assim, a partir da meia-noite de segunda-feira, os reforços militares que patrulhavam as ruas britânicas serão descontinuados, regressando ao nível de alerta que existia antes do atentado.

"O país deve permanecer vigilante," alertou May.

Durante a noite, de acordo com a Reuters, foram detidas mais duas pessoas presumivelmente ligadas à rede a que supostamente pertencia Salman Abedi, o bombista suicida identificado. No total, há 11 suspeitos detidos e as autoridades acreditam ter identificado uma "grande parte da rede."

A descida do alerta chega a menos de duas semanas das legislativas antecipadas no Reino Unido, em cujas sondagens a primeira-ministra e candidata conservadora vem perdendo vantagem: os números divulgados ontem apresentavam uma vantagem de cinco pontos percentuais para o trabalhista Jeremy Corbyn.

Este sábado o The Times noticia que há 23 mil extremistas jiadistas identificados a viver no Reino Unido, acrescenta a Reuters.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI