Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Remunerações no comércio a retalho sobem 4,7% em Setembro

As remunerações efectuadas no comércio a retalho durante o mês de Setembro registaram um aumento de 4,7% face a igual período do ano passado. No mesmo período o emprego aumentou 0,3%, revelou hoje o INE.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 02 de Novembro de 2004 às 11:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As remunerações efectuadas no comércio a retalho durante o mês de Setembro registaram um aumento de 4,7% face a igual período do ano passado. No mesmo período o emprego aumentou 0,3% e horas trabalhadas subiram 0,5%, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo a mesma fonte, o facto do emprego no comércio a retalho ter aumentado resultou da subida de 1,7% registada no comércio de «produtos não alimentares».

Neste agrupamento «destacaram-se as variações positivas» no comércio de «bens para o Lar» e no «comércio em estabelecimentos não especializados», de 5% e 3,6%, respectivamente. Face ao mês anterior, o emprego neste sector deslizou 0,2%.

No que diz respeito à evolução de 4,7% nas remunerações ambos os agrupamentos «produtos alimentares e não alimentares» contribuíram com crescimentos de 5,4% e de 4,35, respectivamente. Em relação a Agosto, as remunerações caíram 2,3%.

As horas trabalhadas aumentaram 0,5% em termos homólogos, tendo o agrupamento do comércio a retalho de «produtos alimentares» registado uma subida de 1,5% face a Setembro de 2003.

No mesmo período, o agrupamento de «produtos não alimentares» apresentou uma variação homóloga negativa no volume de trabalho de 0,2%. As horas de trabalho no comércio a retalho subiram 1,2% face ao mês anterior.

Ver comentários
Outras Notícias