Investidor Privado A semana que aí vem: Resultados e desemprego marcam próximos cinco dias

A semana que aí vem: Resultados e desemprego marcam próximos cinco dias

O BCP divulga os resultados anuais, numa semana que a divulgação de contas vai agitar os mercados. O desemprego na Zona Euro e nos EUA e os juros no Reino Unido são outros temas quentes.
A semana que aí vem: Resultados e desemprego marcam próximos cinco dias
Bruno Simão/Negócios
Patrícia Abreu 31 de janeiro de 2016 às 20:00

Segunda-feira, 1 de Fevereiro

Empresas
Empresas BCP apresenta resultados anuais de 2015

Depois de o BPI ter divulgado as contas anuais na semana passada, esta segunda-feira, 1 de Fevereiro, é a vez do BCP apresentar os resultados de 2015. O banco liderado por Nuno Amado deverá voltar aos lucros. O CaixaBI antecipa que a instituição financeira tenha terminado o ano com um resultado líquido de 248,4 milhões de euros, o que compara com os prejuízos de 217,9 milhões de euros fixados no ano anterior.

Política Monetária
Mario Draghi discursa no Parlamento Europeu

Depois de ter deixado em aberto a possibilidade de aumentar os estímulos monetários na Zona Euro na reunião de Janeiro, o presidente do BCE surge esta semana em dois discursos. Mario Draghi discursa esta segunda-feira no Parlamento Europeu sobre o relatório anual do BCE, falando ainda na próxima quinta-feira em Frankfurt. O presidente da autoridade monetária europeia deverá deixar indicações sobre eventuais novos apoios.

Terça-feira, 2 de Fevereiro

Dados económicos
Desemprego na Zona Euro deverá manter-se inalterado

A taxa de desemprego na Zona Euro deverá ter-se mantido inalterada no último mês de 2015. De acordo com as estimativas recolhidas pela Bloomberg, o índice deverá ter estabilizado em 10,5%. A taxa de desemprego encontra-se actualmente no valor mais baixo desde Outubro de 2011.

Empresas resultados de petrolíferas centram atenções

A divulgação de resultados a nível global, sobretudo no sector energético, deverá centrar as atenções dos investidores. Empresas como a Exxon Mobil e a BP revelam esta terça-feira, 2 de Fevereiro, os seus resultados anuais. As receitas do sector deverão ter sido penalizadas pela forte quebra dos preços do petróleo nos mercados internacionais.

Quarta-feira, 3 de Fevereiro

Política Monetária
Governador do Banco do Japão fala após taxas negativas

O governador do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, dá um discurso em Tóquio. Trata-se da primeira vez que o presidente do banco central japonês fala após a instituição ter cortado a taxa de depósitos no país para -0,10%. Os investidores estarão particularmente atentos à abertura de Kuroda para a implementação de medidas adicionais.

Quinta-feira, 4 de Fevereiro

Taxas de juro
Banco de Inglaterra reforça juros baixos por período longo

O Banco de Inglaterra realiza esta quinta-feira a sua reunião de política monetária. A instituição deverá deixar a sua taxa de referência inalterada e reforçar que vai manter os juros baixos por vários meses. A taxa de juro directora está em 0,5%, valor em que se mantém desde 2009. Mark Carney vai apresentar ainda as novas projecções para a economia e para a inflação.

Sexta-feira, 5 de Fevereiro

Dados Económicos
EUA divulgam empregos criados em Janeiro

O Departamento do Trabalho dos EUA divulga na sexta-feira o número de novos postos de trabalho criados e a taxa de desemprego em Janeiro. Os economistas consultados pela Bloomberg esperam que a taxa de desemprego tinha permanecido em 5%, o valor mais baixo em, pelo menos, sete anos. A robustez do mercado de trabalho é um dos aspectos decisivos para a subida de juros no país.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI