Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Russos saúdam sucesso histórico da SpaceX

Estados Unidos voltaram às missões espaciais tripuladas, nove anos depois, com o lançamento do foguetão da SpaceX, a empresa de Elon Musk.

SpaceX, Falcon 9
Falcon 9 partiu este sábado do Kennedy Space Center, na Florida
Negócios com Lusa 31 de Maio de 2020 às 11:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A agência espacial russa Roscosmos, até agora a única capaz de enviar cosmonautas para a Estação Espacial Internacional (EEI), saudou hoje a companhia americana SpaceX pela descolagem bem-sucedida do foguetão que levava a bordo dois astronautas americanos.

 

No sábado, o primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, foi lançado na presença do Presidente do Estados Unidos, país que volta ao transporte espacial após nove anos de interrupção.

 

"Gostaria de saudar nossos colegas americanos. O sucesso desta missão trar-nos-á novas oportunidades que beneficiarão todo o programa internacional de voos espaciais tripulados", disse o cosmonauta diretor executivo da agência espacial russa, Sergei Krikaliov, num vídeo publicado no Twitter.

 

Os astronautas norte-americanos Bob Behnken e Doug Hurley voaram do Kennedy Space Center, na Florida, a bordo da cápsula espacial Dragon, transportada por um foguetão Falcon 9 da SpaceX, a primeira empresa privada certificada pela NASA para missões tripuladas.

 

O foguetão foi lançado da plataforma 39A, a mesma de onde Neil Armstrong e Buzz Adrin partiram em 1969 para a Lua. O impulsionador separou-se com sucesso da cápsula e fez uma aterragem bem-sucedida no navio de recuperação no oceano Atlântico, pelo que poderá ser usado em futuras missões.

 

A cápsula espacial atingiu a órbita em 12 minutos e levará 19 horas até à acoplagem automática à EEI durante o dia de hoje.

 

Desde que o lançamento espacial Columbia parou em 2011, os foguetões russos Soyuz que descolam do Cosmódromo Baikonur, no Cazaquistão, foram os únicos capazes de transportar homens para a EEI.

 

Assim, a NASA teve que passar por Roscosmos para enviar os seus astronautas para a estação espacial internacional.

 

No contexto de crescentes tensões entre a Rússia e os países ocidentais, a EEI é um exemplo raro de cooperação internacional que não foi suspensa.

Ver comentários
Saber mais SpaceX Falcon 9 Elon Musk Roscosmos Estação Espacial Internacional Bob Behnken Doug Hurley
Mais lidas
Outras Notícias