Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Salários crescem três vezes menos no primeiro trimestre

Os apelos à contenção salarial estão a ser levados à letra pelas empresas. As convenções colectivas negociadas neste primeiro trimestre do ano, que abrangem mais de meio milhão de trabalhadores, garantiram aumentos nominais de 1,9%, abaixo dos 2,6% registados no mesmo período do ano passado.

  • Partilhar artigo
  • ...
Os apelos à contenção salarial estão a ser levados à letra pelas empresas. As convenções colectivas negociadas neste primeiro trimestre do ano, que abrangem mais de meio milhão de trabalhadores, garantiram aumentos nominais de 1,9%, abaixo dos 2,6% registados no mesmo período do ano passado.

Os dados são da Direcção-Geral do Emprego e das Relações do Trabalho (DGERT) e traduzem mais do que as meras actualizações negociadas entre patrões e sindicatos. O valor apresentado pela entidade do Ministério do Trabalho é ponderado segundo o número de trabalhadores abrangidos e o período em que vigoram as tabelas salariais, de forma a aproximar a variação ao aumento efectivamente sentido no período de um ano.

Os aumentos concretizados nas convenções publicadas nos primeiros meses do ano seguem-se a um período inédito de inflação negativa, e que no ano passado acabou por garantir aumentos reais de 3,5% a grande parte dos trabalhadores.

O cenário para a evolução de preços não é, este ano, tão favorável a ganhos de poder de compra.

logo_empresas

Ver comentários
Outras Notícias